Motociclistas recebem bênção ao final de Romaria

Compartilhe:

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), a frota de motocicletas no Brasil é de 20.942.633 milhões de veículos. Só no Estado do Espírito Santo, são 421.358 mil motos.

Por ser um veículo barato, muitas pessoas aderiram a motocicleta como meio de transporte. Democrática, a moto foi adotada por todos os públicos, nas cidades e no interior.

Há muitos anos, os motociclistas também começaram a organizar sua própria Romaria na Festa da Penha. A Romaria deste ano aconteceu neste domingo, 23, às 10h no Parque da Prainha.

Mesmo longe, já se ouvia o ronco dos veículos. Muito barulho para anunciar a chegada de mais uma romaria à Casa da Mãe, Nossa Senhora da Penha, padroeira do Espírito Santo. Mais de 7 mil romeiros vieram prestar sua homenagem a Nossa Senhora da Penha.

Homens, em sua grande parte, mas também muitas mulheres e crianças. Eles fizeram fila para receber a água benta em seus veículos, capacetes e objetos de devoção.

A Romaria tornou-se também um grande encontro daqueles que são apaixonados por motos. O Parque da Prainha virou, na manhã deste domingo, também um desfile de grandes motos, coloridas e enfeitadas.

Os motociclistas, vindos de várias cidades capixabas, pediam sobretudo proteção e segurança no caminho.

Neste domingo, às 16h, acontece a Romaria das Mulheres. O ponto de encontro é o Santuário Divino Espírito Santo, de onde seguem até a Prainha para a Missa.

Texto: Érika Augusto | www.franciscanos.org.br

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

X