Começa o IV Capítulo da Fundação Imaculada Mãe de Deus de Angola

Compartilhe:

Luanda (Angola) – Com a presença de 44 capitulares, teve início nesta segunda-feira, 27 de maio, o IV Capítulo da Fundação Imaculada Mãe de Deus de Angola, sob a presidência do Ministro Provincial Frei César Kulkamp. Esse momento celebrativo e normativo na vida dos frades está sendo realizado na sede da Fundação, em Luanda, capital de Angola, tendo como lema “Minoridade Franciscana: Lugar de Encontro e Comunhão”.

De manhã, antes dos trabalhos capitulares, os frades participaram de um retiro conduzido por Frei César, que fez sua reflexão a partir de um texto do frade italiano Enzo Biemmi, “O Capítulo: evento de comunhão”, destacando que a finalidade do Capítulo é ser uma celebração de irmãos com o objetivo de torná-los mais próximos uns dos outros, porque são movidos pela mesma inspiração.

Na sequência do retiro, após momento de meditação pessoal, os frades partilharam três aspectos apontados pelo texto: “Como se entra no capítulo”; “Como se vive o capítulo”; e “Como se sai do capítulo”.

O Ministro Provincial, em comunhão com a temática do Capítulo Provincial da Província da Imaculada Conceição, realizado em novembro do ano passado, partilhou a reflexão sobre a minoridade desenvolvida por Frei Vanildo Zugno. Frei Cesar enfatizou que o lava-pés é o meio para a prática da minoridade.

À tarde, Frei Robson Scudela, coordenador da Frente das Missões, falou sobre  os 800 anos do encontro de São Francisco com o sultão Al-Malik Al-Kamil. Destacou a importância do diálogo e a atualidade daquele encontro. Frei Robson lembrou que o diálogo supõe saída, ir ao encontro, acolher, perdoar. Assim, vinculou o diálogo à co-responsabilidade.

Terminada a exposição de Frei Robson, o Ministro Provincial instalou o Capítulo com a chamada dos capitulares. Seguiu-se a Missa votiva ao Espírito Santo.

Com informações: Equipe de Comunicação: Frei Bernardo João Cassinda, Frei Evaristo Seque Joaquim e Frei Crisóstomo Pinto Ñgala, site franciscanos.org.br

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

São Boaventura: uma voz ainda atual

Por ocasião do 750º aniversário da morte de São Boaventura , que celebraremos no dia 15 de julho de 2024, foi publicada a Carta dos Ministros Gerais

X