Um mistério profundo

Compartilhe:

José não conhecia este mistério. Não sabia que n’Aquela que era a sua esposa segundo a lei dos Judeus, embora ainda não coabitasse com ela, se cumprira a promessa de fé feita a Abraão, de que nos fala São Paulo.

Não sabia que em Maria, de descendência de David, se cumprira a profecia que, no seu tempo, o profeta Natan fizera a David. A profecia e a promessa da fé, cuja concretização era esperada por todo o povo, o Israel escolhido por Deus, e por toda a humanidade.

Foi este o mistério de Maria. José não o conhecia. E ela não lho podia comunicar, pois tratava-se de um mistério que transcendia as capacidades da inteligência humana, assim como as possibilidades da linguagem humana.

Não existia meio humano que o pudesse transmitir. O que havia a fazer era confiar em Deus e acreditar. Fora assim que Maria acreditara.

João Paulo II

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

X