É tempo de reaprender a importância de relacionamentos sinceros e cuidadosos

Compartilhe:

Paz e Bem!

Ficar em casa é um gesto de cuidado com as pessoas que você ama e consigo mesmo. Ainda estamos vivendo o tempo do isolamento social solidário, em respeito aos que amamos e em respeito a nossa própria vida.

Se imaginarmos que a atitude do isolamento é uma atitude de zelo, carinho, cuidado, respeito, atenção, conseguimos superar este momento, JUNTOS. #JuntosNaFé #JuntosEmOração, vamos conseguir vencer esse grande desafio, essa guerra contra o coronavírus. Se você puder, PERMANEÇA EM CASA.

Se todo mundo colaborar, isso logo vai passar.

Frei Paulo Roberto, em nome da fraternidade do Convento da Penha, tem um apelo importante: estando em casa, ocupe-se de coisas saudáveis. Relacione-se de forma saudável, construa diálogos edificadores, valorize os que estão com você ao redor da mesa, dê importância aos pequenos – porém valiosos – momentos, viva com intensidade criativa os momentos da quarentena. Uma conversa saudável, leitura saudável… É importante cultivarmos a verdade e não sermos compartilhadores de mentiras, de fake news, de violência virtual, de ódio pelas redes sociais.

O Guardião do Convento lembra que a mentira nos afasta uns dos outros além de impedir que a cura desta e de outras doenças, chegue até nós. Atrapalha o serviço daqueles que estão na linha de frente, por exemplo. “A raiva mata, adoece; a mentira adoece. Permaneça em casa, mas de um jeito saudável. Deve ser um compromisso nosso: não espalhar mentiras, não espalhar mentiras pelo WhatsApp. Mas quando a gente espalha mentira, ao invés de saúde, estamos espalhando doenças, sejamos cuidadosos. Que a gente possa, nesta quarentena, reaprender a importância de relacionamentos sinceros, cuidadosos, zelosos… Vamos esquecer essa mentirada que está fazendo tão mal para nós. Se todo mundo colaborar, isso logo vai passar”, pediu Frei Paulo.

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts