Tributo: Cristo Redentor abraça o mundo que sofre com a pandemia

Compartilhe:

Paz e Bem!

As condições climáticas impediram de realizar a cerimônia aos pés do Cristo Redentor nesta quarta-feira (01) à noite, mas não de homenagear às vítimas da pandemia direto da Paróquia São José da Lagoa, no Rio de Janeiro. O projeto “Para Cada Vida” teve celebração eucarística, vídeo especial com o Papa Francisco, projeção de imagens no Cristo Redentor e show com a cantora Alcione. “O Cristo Redentor hoje é o altar do mundo, onde nós colocamos as intenções de todos”, disse o arcebispo Orani João Tempesta, que presidiu a Missa.

A celebração “Para Cada Vida” desta quarta-feira (01) precisou sofrer alterações devido às condições climáticas no Rio de Janeiro: por causa dos ventos fortes que sopraram no alto do Corcovado, em vez de acontecer aos pés do Cristo Redentor, a cerimônia foi transferida para Paróquia São José da Lagoa e transmitida ao vivo pelas plataformas dos organizadores do evento: a CNBB e a Caritas Brasileira. O momento também teve o apoio do Verificado, uma iniciativa global das Nações Unidas para o combate à desinformação em meio à pandemia.

Cristo Redentor é o altar do mundo

Uma mensagem do presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo, abriu a noite de homenagens. Em seguida, o arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal Orani João Tempesta, presidiu a missa e também ajudou a conduzir a cerimônia, inclusive, anunciando um vídeo especial produzido pela CNBB que trouxe a mensagem do Papa Francisco falando em português aos brasileiros. Dom Orani disse que “o Cristo Redentor hoje é o altar do mundo, onde nós colocamos as intenções de todos”.

O Cristo Redentor, uma das sete maravilhas do mundo, considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, também recebeu uma projeção de imagens que foi um tributo às vítimas da Covid-19, uma mensagem de solidariedade às famílias afetadas, um momento de ação de graças a todos que atuam na linha de frente da pandemia – voluntários e trabalhadores anônimos, além dos profissionais de saúde – e um sinal de esperança e fé a todos os brasileiros e ao mundo. A missa foi seguida pelo show com a cantora Alcione para humanizar ainda mais este momento crítico pelo qual o mundo está passando.

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts