“Rezar o terço é construir a família em cima de uma rocha firme”, lembra Frei Pedro Engel

Compartilhe:

Imaculada, Maria de Deus, coração pobre acolhendo Jesus. Imaculada, Maria do povo, Mãe dos aflitos que estão junto à cruz 🎵🎶

Paz e Bem!

Foi entoando essa bela canção de Nossa Senhora, na semana em que a Igreja celebra um de seus mais importantes dogmas da história (o segundo dogma), a Imaculada Conceição de Maria, ou seja, a concepção da Virgem Maria foi sem a mancha (mácula em latim) do pecado original. Desde o primeiro instante de sua existência, a Virgem Santíssima foi preservada do pecado pela graça de Deus. A vida de Maria transcorreu completamente livre de pecado. Por esse motivo, o encontro semanal das famílias que rezam o Santo Terço pelas redes sociais do Convento, trouxe a música em destaque.

Toda Terça Tem Terço em Família! Certamente você já ouviu esse bordão repetidas vezes. É que toda terça-feira os Freis do Convento oferecem a oportunidade da oração comunitária, a oração familiar, fortalecendo cada vez mais a “Igreja Doméstica”. Rezar o Terço é uma das mais singelas formas de chegar ao coração de Deus. Por meio da repetição das Ave Marias, elevamos nossa prece sincera que brota do coração. Não é apenas uma oração repetitiva, pelo contrário, ela nos faz meditar desde o Anúncio do anjo à Maria, até a morte e ressurreição de Jesus.

Na última terça-feira (6) a oração do Terço foi conduzida pelo Frei Pedro Engel. O “apresentador” é o Frei Paulo César Ferreira, mas como ele está de férias com sua mãe na cidade de São José dos Campos-SP, ficou sob a responsabilidade do Frei Pedrinho a tarefa de meditar os Mistérios Gozosos da Encarnação.

“Você em casa liga sua TV e acompanhe conosco! Junte a família e não fiquem só os avós rezando, o Terço é da família, por isso tem de se reunir toda a família, assim, colocamos nas mãos da Mãe de Deus que ela cuide das nossas famílias, para que nossas famílias tenham paz, amor, fraternidade, amor, tranquilidade e compreensão um para com o outro. É preciso saber aceitar, dividir, saber instruir para que todos possam sobreviver nessa confusão do mundo”, iniciou Frei Pedro.

Na sequência, o frade e o músico voluntário Jaime Soares, meditaram os mistérios da Redenção. Primeiro o anúncio do anjo Gabriel à Virgem Maria, depois, a visita de Nossa Senhora a sua prima Isabel. O terceiro mistério, a grande festa do Natal do Senhor. O quarto mistério fala da apresentação de Jesus no Templo e por fim, o último mistério que é a perda e reencontro do Menino Jesus no Templo.

Ao final da oração, Frei Pedro Engel agradeceu pela participação dos fiéis, especialmente aqueles que “comunicaram aos vizinhos e amigos, e que rezaram em família” e encerrou com a bênção de São Francisco de Assis. “Nós moramos aqui numa penha, num penhasco, em cima de uma rocha, rocha firme. A casa construída sobre a rocha permanece, ela é firme, assim sua vida, sua família deve ser construída em cima da rocha para não cair. São tantas famílias que caem, despencam, por isso, cuide da sua família! Peça a Nossa Senhora que cuide da sua família para que ela possa continuar firme. Pai, mãe e filhos, todos devem estar unidos e estando unidos em oração, não há dúvidas que a bênção de Deus vai trabalhar nesta família”, concluiu.



Confira a oração na íntegra:

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

X