Mês mariano

Compartilhe:

O mês de maio é um mês muito especial por vários motivos. Se não inteiro, quase todo ele é iluminado pelo Tempo Pascal, tempo em que um ininterrupto Aleluia é cantado pela Igreja, canto este daqueles que foram libertos pela Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. É também o mês em que nos lembramos das mães, mulheres estas que ocupam lugar importantíssimo em nossas vidas, cujas missões reveste-se de algo sagrado e bendito. No entanto, a piedade popular dedica o mês de maio à Maria Santíssima. Com rezas, terços e ladainhas, a Mãe de Jesus é venerada. Prefigurando a Igreja vitoriosa em Cristo Ressuscitado, Maria é honrada. Por esse motivo, as reflexões desse mês serão extraídas dos escritos dos primeiros séculos da era cristã. Que esse mês seja fecundo e de amadurecimento de nossa fé. Os textos até o dia 15 foram extraídos do livro “Antologia litúrgica: textos litúrgicos, patrísticos e canônicos do primeiro milênio”, editado pelo Secretariado Nacional de Liturgia de Portugal.

“Ó Deus, que revestistes Maria com vossa graça, em previsão dos méritos de Cristo, concedei a nós, vossos filhos e filhas, olhando o exemplo dela, amadureçamos na fé em Cristo, que convosco vive e reina pelo século dos séculos. Amém.”

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

X