Notícias NOTÍCIAS DA FESTA

Homenagem dos Corais dos Canarinhos a Nossa Senhora da Penha

Compartilhe esta notícia:

Paz e Bem!

A programação dos 450 anos da Festa da Penha, que neste ano acontece de forma virtual e interativa, ganhou uma homenagem dos Corais dos Meninos e das Meninas dos Canarinhos de Petrópolis (RJ). O “Concerto Espiritual em honra a Maria” foi exibido neste domingo (19/04) e é uma iniciativa do Convento da Penha em parceria com a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, o Instituto dos Meninos Cantores Canarinhos (IMCP) e a TvFranciscanos da Província da Imaculada. O evento foi transmitido ao vivo pelas plataformas digitais.

Segundo o diretor do IMCP, Frei Marcos Antônio de Andrade, o objetivo do Concerto foi transmitir aos internautas, cânticos e melodias de ambos os corais, através de músicas já apresentadas em anos passados, que ajudem a rezar e a refletir. “É uma alegria poder celebrar mais um ano da Festa de Nossa Padroeira, a Virgem da Penha Senhora das Alegrias, e se rejubilar pelos 450 anos de festejos e da proteção e intercessão da mãe de Deus a todo povo de Vila Velha, do Espírito Santo, do Brasil e do mundo”, revelou.

Frei Felipe Carretta, capixaba e devoto de Nossa Senhora da Penha, ajudou na apresentação do Concerto, revezando com Frei Marcos Andrade. Para ele, falar de Festa da Penha é falar da fé de um povo que reza, que confia e entrega toda a sua vida a Cristo Ressuscitado, cuja alegria estamos celebrando na vida de Nossa Senhora. “Falar da Festa da Penha é falar de inúmeros confrades que doaram suas vidas evangelizando em terras capixabas. Falar da Festa da Penha é falar de São Francisco de Assis, que possuía uma especial afeição pela Santa Mãe de Deus,  chamando-a de “Rainha”. É este sentimento caloroso e humano, singelo e humilde que devotamos a Mãe de Deus”, afirmou.

A Festa da Penha é fruto de uma semente lançada por Frei Pedro Palácios em 1558, quando chegou ao Brasil com os colonizadores portugueses e desembarcou nas terras capixabas. O frade espanhol trouxe na sua bagagem um painel de Nossa Senhora das Alegrias, que foi colocado numa gruta e deu origem à devoção franciscana que vem até hoje. Ao longo do tempo, essa devoção cresceu e foi construído o Santuário para a Mãe de Deus no ponto mais alto do penhasco. Desde então, os romeiros visitam o Convento durante todo o ano.

Segundo Frei Felipe, apesar desta edição da Festa da Penha estar sendo um pouco diferente do que estamos acostumados a ver, por conta do momento em que vivemos, o nosso sentimento é de gratidão, de esperança, de amor e de fé no Cristo Ressuscitado. “A Mãe da Penha está conosco, intercedendo a Deus pelos seus filhos e filhas”, destacou.

Já que hoje é dia de #tbt, que tal recordar este momento especial?

Eventos

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹Maio 2020› » 

Saiba mais

Facebook

No upcoming event