História da Marli: Gratidão e devoção

Compartilhe:

“Quando meu neto nasceu primeiro passeio foi no Convento, coloquei nas mãos do Senhor e Nossa Senhora mais a frente ele estava bastante febril como sempre peguei meu terço fui nós pés da mãe pedir que ela Intercedesse com muita fé. Assim que fui no médico Com meu neto nosso amado Jesus colocou uma médica. Que descobriu porque da febre de 40 graus foi medicado de lá pra cá vou sempre no Convento agradecer, e pedir graças para minha família!! Obrigado por tudo Minha Rainha e mãe,hoje levo minha mãe na Missa dos enfermos ela tem 92 anos Glórias sempre darei ao Senhor: Amém.

Marli”


O TESTEMUNHO ACIMA FOI ENVIADO EM 08/04/2019, POR MARLI ARRUDA. É UMA REPRODUÇÃO FIEL E A PUBLICAÇÃO FOI DEVIDAMENTE AUTORIZADA.

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

São Boaventura: uma voz ainda atual

Por ocasião do 750º aniversário da morte de São Boaventura , que celebraremos no dia 15 de julho de 2024, foi publicada a Carta dos Ministros Gerais

X