Frades estudantes meditam as Sete Alegrias de Nossa Senhora

Compartilhe:

Paz e Bem.

Na noite da última terça-feira (12), as redes sociais do Convento da Penha apresentaram mais uma edição do encontro semanal com a meditação do Santo Terço. Trata-se do Rosário Franciscano, onde são meditadas as Sete Alegrias de Nossa Senhora. Os fiéis foram levados a meditar os sete momentos em que o coração da Virgem Santíssima se encheu da mais perfeita alegria. O “Terço das Famílias” é uma ocasião propícia para reunir a família ao redor da mesa, diante da TV ou mesmo com o celular na mão, para a oração com todo mundo reunido.

“À Vossa Proteção recorremos, Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem Gloriosa e Bendita”, foi cantando esta bela oração, que Frei Paulo César Ferreira abriu a transmissão, que teve ainda a participação dos freis estudantes do tempo da Teologia em Petrópolis, os angolanos Domingos Cacanda Soma e Elias Hebo Luís.

Frei Domingos tem 31 anos, está no 4º ano de Teologia e é natural de Benguela (Angola), nasceu no dia 10 de setembro de 1992. Vestiu o hábito franciscano no dia 15 de janeiro de 2016 e fez sua primeira profissão no dia 5 de janeiro de 2017 em Rodeio (SC). Atualmente, reside na Fraternidade do Sagrado e estuda no Instituto Teológico Franciscano. Já Frei Elias nasceu em Cangola, também em Angola, em 22 de novembro de 1992. Fez sua primeira profissão no dia 5 de janeiro de 2017 em Rodeio (SC) e atualmente cursa o 4º ano de Teologia em Petrópolis.

Nos intervalos de cada alegria de Nossa Senhora, os jovens estudantes apresentaram algumas intenções, especialmente pedindo a intercessão da Padroeira da América Latina, Nossa Senhora de Guadalupe. No primeiro mistério, Frei Domingos rezou pelo povo latino americano, em seguida, Frei Elias rezou por aqueles que escreveram as intenções nos comentários. Já a terceira alegria foi precedida pela prece de paz no mundo inteiro. A quarta intenção foi pelas famílias. Depois, preces pelos enfermos, os que sofrem no corpo e na alma, passando por momentos difíceis. A sexta alegria teve como intenção pelos noivos, aqueles que se preparam para o matrimônio; e também em ação de graças pelos 36 anos de sacerdócio do Padre Edemar Endriger. Por fim, na última prece também foi em ação de graças pelos 52 anos de vida sacerdotal do Frei Walter Hugo.

O encontro de fé foi encerrado ao som da canção em homenagem à Nossa Senhora de Guadalupe. “Mãe do Céu Morena! Senhora da América Latina, de olhar e caridade tão divina… De cor igual a cor de tantas raças. Virgem tão serena, Senhora destes povos tão sofridos. Patrona dos pequenos e oprimidos, derrama sobre nós as tuas graças…” 🎶🎵


Confira a oração na íntegra abaixo:

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

São Boaventura: uma voz ainda atual

Por ocasião do 750º aniversário da morte de São Boaventura , que celebraremos no dia 15 de julho de 2024, foi publicada a Carta dos Ministros Gerais

X