Fiéis realizam XX Romaria de Alfredo Chaves ao Convento

Compartilhe:

Paz e Bem!

O 2º Domingo da Quaresma neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher, ficou marcado pela celebração da 20ª Romaria dos devotos de Nossa Senhora de Alfredo Chaves. Cerca de 100 fiéis caminharam durante 3 dias rumo ao Convento da Penha, eles chegaram na manhã de ontem e participaram da Missa das 9h, que foi presidida pelo Frei Paulo César Ferreira. Entre os devotos, jovens, crianças e até idosos, eles percorreram mais de 84km.

Os romeiros foram acolhidos pela equipe de celebração e três deles participaram da Liturgia da Palavra, proclamando as Leituras e as preces. Ao iniciar a Missa, Frei Paulo César agradeceu a presença de todos, rezou por eles e falou da devoção à Nossa Senhora da Penha.

Na homilia, o Frei Paulo César explicou inicialmente a vocação de Abraão descrita na Primeira Leitura. O Pai do povo de Deus, dos crentes, Abraão, mostra que Deus não desiste de nós, não desiste de nos chamar. “Assim como Deus os romeiros de Alfredo Chaves, gente de fé, engajados, que ama a Jesus e por isso mesmo, continua dando o melhor de si. Certamente nesta caminhada quanta reflexão veio a tona?! Tem de haver esforço, tem de querer, tem de haver dedicação, partir pelo Evangelho e ser essa Boa-Nova encarnada, proclamada com nossa vida, com nossas atitudes… Certamente voltarão para casa transfigurados, renovados, revigorados na sua fé pela Igreja e pela causa do Reino”, afirmou.

Frei Paulo disse que para seguir o Evangelho não é preciso ter medo de correr riscos. “Os chamados são uma bênção para o povo. Você é chamado para ser uma bênção na sua família, para sua comunidade, para toda a sociedade… Que nosso esforço de subir à Penha, de lutar, de cada dia ser melhor nos ajude a expandir o Reino de Deus. Sermos uma bênção de Deus para o nosso povo! A caminhada que vocês fizeram lembra o ‘abandonar-se’ no absoluto de Deus, aos cuidados de Deus, arriscar!”

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

São Boaventura: uma voz ainda atual

Por ocasião do 750º aniversário da morte de São Boaventura , que celebraremos no dia 15 de julho de 2024, foi publicada a Carta dos Ministros Gerais

X