Famílias rezam Terço Online em novo formato semanal

Compartilhe:

Paz e Bem!

Toda Terça Tem Terço. O mais famoso bordão das redes sociais do Espírito Santo já indica que semanalmente tercistas de vários lugares do Brasil e do mundo se encontram virtualmente pelos canais de comunicação do Convento. O Terço certamente ajuda (e tem ajudado) o mundo a ser melhor. Meditar os mistérios da encarnação do Redentor, partilhar a experiência com outras pessoas e transformar o mundo em Reino de Deus.

O tradicional encontro de todas as semanas do Terço dos Homens, mudou. Agora, o Terço é com as famílias. Com a retomada das atividades nas paróquias e comunidades, os grupos de terço já voltaram a se reunir presencialmente, mas para que o nosso “Grupo de Terço Virtual” não acabe, a fraternidade da Penha decidiu que Toda Terça Tem Terço, isso mesmo, todas as terças-feiras uma família vai participar da oração do Terço pelas redes sociais do Convento.

Essa “nova etapa” dos encontros semanais foi inaugurada pelo Frei Paulo César Ferreira e contou com a participação da Família Zampieri do bairro Praia da Costa, Vila Velha-ES. Maria da Penha Zampieri, Maria Conceição Zampieri e a matriarca Catharina Zamborlini Zampieri de 98 anos.

Frei Paulo César iniciou o momento orante com um canto de abertura (part. de Joel Almeida, o pai do jovem frade capixaba Lucas Almeida), em seguida, o frei agradeceu a participação das pessoas que já estavam entrando na transmissão, acolheu as famílias, explicou a nova modalidade do terço e apresentou as motivações do Terço. “Aqui do Santuário do Perdão e da Graça, iniciando uma nova modalidade de rezar, que é muito antiga, a oração do terço em família. Terça tem terço, agora em família. Aqui, do Convento da Penha com as nossas famílias, queremos rezar pelas intenções de todos que nos acompanham, neste momento de oração do Santo Terço. Queremos também homenagear nossa Mãe Querida tão presente na Igreja e em nossas vidas, na caminhada conosco rumo ao Reino de Deus que já se faz presente onde a gente é mais generoso, mais confiante, mais pronto em fazer tudo o que o Senhor nos pede. Sinta-se contemplado nessa nossa oração”, afirmou o Frei.

Na recitação dos mistérios (dolorosos), as participantes do terço de estreia (da família Zampieri), apresentaram diversas intenções, como a cura de familiares que estão com diagnóstico de coronavírus; pelo fim da pandemia e rezaram em especial aos Freis do Convento, por proporcionarem a todos a possibilidade de rezar sem sair de casa, pelas transmissões diárias das Missas e principalmente por fazerem o Convento chegar até os lares de pessoas do mundo inteiro.

Conceição Zampieri relatou a satisfação em acolher diariamente a fraternidade do Convento. “Todos os dias nós abrimos a porta do nosso apartamento para receber os freis do Convento da Penha. Tem um que faz o sermão mais calmo, outro conta os causos e o outro canta, é muito bonito. Aqui em casa a gente gosta muito. Eu e mamãe (dona Catharina) não perdemos uma Missa. Até ganhei uma televisão nova para assistir pelo YouTube, porque antes a gente assistia pelo celular mesmo”, comentou a devota.

Penha Zampieri é profissional de saúde e aproveitou a ocasião para rezar pelos agentes de saúde e todo o corpo médico que tem trabalhado incansavelmente no combate ao coronavírus. Segundo ela, a situação ainda inspira muitos cuidados já que pode haver uma segunda onda de contaminação o que vai dificultar o controle, caso isso ocorra. Ela explica que as homenagens feitas pelo Convento serviu também para dar força e coragem no engajamento dos profissionais.

Durante a meditação dos mistérios, Frei Paulo César trouxe presente os que sofrem, os “condenados à morte, os perseguidos, assassinados, suicidas”. Ele lembrou a oração insistente como uma forma de aliviar a dor e a angústia dos que sofrem no mundo de injustiças e crueldades.

Por fim, a reza do Terço foi encerrada com duas belíssimas interpretações da Salve Rainha cantada e “Boa noite, meu Jesus”.

Confira o vídeo na íntegra abaixo.


Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

Aconteceu na Penha em 1650…

Paz e Bem! A história que vamos conhecer hoje, em mais um capítulo da série especial “Aconteceu na Penha”, é de 1650. Sempre às sextas-feiras

Dia de Nossa Senhora das Graças

Paz e Bem! Celebramos hoje Nossa Senhora das Graças, uma manifestação da Santíssima Virgem na França, em julho de 1830 para Santa Catarina Labouré quando

X