#Eleições2020: Por que é importante ler as orientações dos bispos do ES?

Compartilhe:

Paz e Bem!

No fim da última semana, foi divulgada uma carta com recomendações e orientações da Província Eclesiástica do Espírito Santo (Sub-Regional Leste 2) representada pelos Bispos Diocesanos de Colatina e São Mateus; pelo Administrador Diocesano de Cachoeiro de Itapemirim; e pelo Arcebispo Metropolitano de Vitória; emitiram uma nota aos fiéis das dioceses (e Arquidiocese) com a proximidade das Eleições Municipais 2020.

Embora estejamos “chateados” e até “enojados” só de ouvir falar de política, a Província Eclesiástica apresenta “orientações práticas para a escolha de candidatos e candidatas”, nos alertando que cristão consciente se envolve sim nas questões e discussões políticas, enquanto membro de uma sociedade democrática. “A política é a forma mais sublime de exercer a caridade”, como nos lembra as diretrizes da Igreja no Brasil.

Escolher um candidato está diretamente baseado nos valores do Evangelho e no compromisso irrenunciável com a construção do bem comum. Daí, quando surge a pergunta: “por que é importante ler as orientações dos bispos do Espírito Santo?”, nossa resposta deve ser: “porque todos nós, cristãos católicos, assumimos o voto consciente nas eleições para que, iluminados pela Palavra de Deus, possamos contribuir com a construção de municípios mais humanos e mais justos. A política é uma maneira de espalhar no mundo a paz e o bem”.


CLIQUE AQUI E LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts

São Boaventura: uma voz ainda atual

Por ocasião do 750º aniversário da morte de São Boaventura , que celebraremos no dia 15 de julho de 2024, foi publicada a Carta dos Ministros Gerais

X