3º dia da semana de preparação para a Festa da Reconciliação

Compartilhe:

“Que ninguém vá dormir sem pedir ou sem dar seu perdão”.

Paz e Bem.

“Ninguém acende uma lâmpada para colocá-la debaixo de uma vasilha” (cf. Lc 8, 16). Quando estamos reconciliados conosco mesmos nos tornamos capazes de espalhar a reconciliação. Um coração perdoado é gerador de perdão. Se ganhamos de Deus a capacidade de perdoar, não podemos guardar esse presente apenas para nós mesmos. Por isso rezamos: Senhor, fazei de mim instrumento do seu perdão.

Viver a graça de ser instrumento do perdão! O Papa Francisco lembra que nós cristãos católicos “devemos perdoar sempre, mesmo que seja tão difícil, porque as nossas ações dão a medida a Deus de como deve fazer conosco. Mas tantas pessoas estão em dificuldade, não conseguem perdoar. Muitas vezes, o mal recebido é tão grande que conseguir perdoar é como escalar uma montanha altíssima”, e continua Francisco: “Cada um deve lembrar que precisa de perdão e de paciência; este é o segredo da misericórdia: perdoando se é perdoado. Por isso, Deus nos precede e nos perdoa por primeiro. Recebendo o seu perdão, nos tornamos capazes de perdoar.”

  • Ofereça e acolha o perdão> O terceiro passo para a celebração do Perdão de Assis é buscar, concretamente, experimentar o exercício do perdão dado aos outros. Por isso, hoje é dia de um aceno de reconciliação àquele que me ofendeu ou foi ofendido por mim. Hoje é dia de dizer, por favor, me desculpe, ou, por amor eu desculpo você. Hoje é dia de deixarmos de lado rixas cultivadas ao longo desses últimos anos. Hoje é dia de pedir, oferecer e acolher o perdão.

Posts Relacionados

Facebook

Instagram

Últimos Posts