Santo do dia

São João de Deus – 08 de março

Compartilhe esta notícia:

São João de Deus nasceu no dia 08 de março de 1495, em Montemor, Portugal. Fugiu de sua casa aos oito anos de idade e durante sua vida foi pastor, soldado, vaqueiro, pedreiro, mascate, enfermeiro, livreiro e santeiro. Conta-se que sua mãe morreu de tristeza e de saudade do filho desaparecido, e que seu pai se fez monge. Viajou por toda a Europa, e quando retornou, em 1538 montou uma livraria em Granada, Espanha.

Neste mesmo ano, São João d’Ávila estava em Granada pregando o Evangelho e São João de Deus teve a oportunidade de ouvi-lo pregar. Impressionado com o sermão sobre o mártir São Sebastião começou a gritar pedindo perdão e misericórdia a Deus pelos seus pecados, e decidiu vender tudo o que possuía.

Ficou conhecido como louco, pois andava maltrapilho, e vagava pelas ruas, batendo no peito e confessando seus pecados. Levaram-no à presença de São João d’Avila, que o encaminhou a um hospício da redondeza aconselhando-o a dedicar-se as coisas de Deus. Sua melhora foi logo notada.

Conseguiu sair do hospício em 1539. Passou a ajudar aos outros doentes do hospício, dedicando totalmente sua vida aos desvalidos como enfermeiro. Fundou vários hospitais, onde os doentes eram tratados como seres humanos e como filhos de Deus. Juntaram-se a ele, colaboradores que deram origem aos Irmãos dos Enfermos.

Em 1549 contraiu uma grave doença que escondeu dos médicos com medo que não o deixassem mais trabalhar. Foi descoberto quando já não conseguia mais esconder os sinais da enfermidade, mas mesmo assim só conseguia pensar em ajudar os outros. Morreu em 1550 no dia 08 de março, de joelhos a rezar. Leão XII e declarou “Patrono dos Hospitais”.

Colaboração: Padre Evaldo César de Souza, CSsR

REFLEXÃO

A vida de São João de Deus foi marcada por muitas aventuras. Não obstante suas idas e vindas, João nunca se esqueceu da caridade pelos mais abandonados. Ele soube reconhecer o Cristo no rosto dos mais pobres, principalmente no rosto dos enfermos. Recuperar a saúde e a dignidade do doente significava louvar o Cristo, que também foi um sofredor. Hoje queremos pedir a bom Deus, pela intercessão de São João de Deus, que nos abra o coração para acolher, consolar e visitar os doentes. A fragilidade humana não é esquecida por Deus e o instrumento que Deus usa para amenizar o sofrimento dos enfermos é a nossa voz e o nosso braço.

ORAÇÃO

Ó Deus de bondade, dai-nos sempre a mesma serenidade que destes a São João de Deus, para que possamos zelar com dedicação e paciência dos doentes e sofredores que necessitam de nosso auxílio. Por Cristo nosso Senhor. Amém!

Faltam

29Dias 21Horas 00Min 19Seg

para a Festa da Penha 2019

Eventos

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹mar 2019› » 

Saiba mais

Facebook