ECOS DO CONVENTO Notícias

O Eco de Francisco de Assis e a Natureza

Com pés descalços e hábitos remendados, Francisco perambulava pela cidadezinha italiana de Assis, a 184 quilômetros de Roma, e arredores. Enquanto a sociedade da época enfatizava a inclinação humana ao pecado, o religioso preferia louvar as belezas da Criação. Reverenciava as virtudes do homem e a perfeição da natureza. Observava em êxtase o voo dos pássaros. Dormia sob as estrelas. Inalava a brisa perfumada dos campos. A natureza era sua casa sagrada. A visão de mundo do “poverello” (pobrezinho), como São Francisco ficou conhecido, inspirou a encíclica Laudato Si publicada pelo Papa Francisco no final de junho do último ano. Graças à admiração do atual sumo pontífice pelo legado do padroeiro das causas verdes, – não podemos esquecer que Jorge Mario Bergoglio, tomou o nome de Francisco, tendo escolhido o nome do santo de Assis justamente para reafirmar a diretriz de seu pontificado, à favor da pobreza, simplicidade e à naturalidade da vida –, o ECO desse belo exemplo chega até nós como um alerta urgentíssimo, fazendo coro ao importante trabalho de conscientização de todos aqueles que atuam em prol da sustentabilidade.
São Francisco de Assis foi o primeiro cristão a entender a interdependência da humanidade com a natureza, não pelo viés científico, mas pelo espiritual. “Sua fé e espiritualidade nos mostram que estamos ligados à toda Criação e que é possível comungar do planeta sem destruí-lo”, nos lembra do papel de cada um nesse projeto coletivo. “São Francisco ainda nos traz a proposta de corresponsabilidade, de fraternidade e de harmonia, deixando claro que existe um Criador, que ama a tudo e convida o ser humano a ser o cuidador, o jardineiro do planeta que Ele criou”.
São Francisco nos instiga a amar a natureza, despojando da intelectualidade e abrindo para tocá-la, senti-la. Conversar com as plantas e animais e procurar captar dentro do coração as respostas de que precisamos.

O Convento da Penha é a casa do povo, a casa de Maria, a Casa Comum. É um Santuário provido de beleza natural, estabelecimento de encanto e ternura. O Convento é o Santuário da Natureza que nos aproxima mais da graça santificante e da misericórdia de Deus. A Província Franciscana, é responsável pela manutenção e harmonia entre as pessoas e a natureza. Os Franciscanos que vivem neste Santuário, têm a importante missão, além das situações cotidianas da convivência com a natureza, de cuidar, zelar e proteger a criação. E nós, enquanto sociedade somos parcela fundamental de transmissão da paz e do bem, sobretudo nos conscientizando que “matar abelhas quando visitamos a lanchonete; exterminar animais como aranhas, lagartos e serpentes, como se eles estivessem em local inapropriado; retirar plantas e flores da mata; alimentar os animais silvestres”, entre outras ações, provocam o desrespeito e a falta de cuidado com a natureza. Colocando-nos em condição de pecado.

É importante lembrar que nós, seres humanos, compartilhamos de um mesmo bioma. As nossas atitudes hoje, por menores que sejam, contribuem diretamente para um mundo melhor, mais harmônico, equilibrado e sustentável. Precisamos conhecer melhor o lugar onde moramos, suas particularidades e os principais problemas que afetam este meio ambiente. As “nossas interferências”, podem colocar em risco a sustentabilidade, e consequentemente comprometer as gerações futuras. Acreditamos que exercitar o respeito pela Criação é uma atitude diária.

Hoje, ao celebrar a Festa de São Francisco, sentimo-nos chamados à ECOAR por todo o mundo a magnitude da natureza sobretudo à sua preservação. O Convento da Penha, com seu complexo arquitetônico, sua trajetória histórica, singeleza, beleza, sua espiritualidade, paz, faz de nós partes do ideal franciscano, o mesmo que nos faz assemelhar-se à paz, segurança, amor herdados de Deus pelo intermédio de São Francisco.

O projeto ECOS DO CONVENTO foi criado pelo Convento da Penha com a intenção de ECOAR boas ações, atitudes efetivas em prol da conscientização para uma sociedade mais consciente e um meio ambiente sustentável.

“Cultivar e guardar a criação!”
A temática Educação Ambiental renovará o entendimento da necessidade de conversão pessoal e comunitária para a
convivência equilibrada, ou seja, cuidar da criação, de modo especial do meio ambiente em que vivemos, e promover relações fraternas com a vida e a cultura da população. Assim, ao seguirmos as pegadas descalças de São Francisco, iremos descobrir que a natureza está à espera da nossa tomada de consciência. Pronta para que reconheçamos nela a troca verdadeira que deveria ocorrer entre as pessoas e o meio ambiente.

Neste dia, os Franciscanos do Convento da Penha, desejam à todos boas festas do Santo Padroeiro da Ecologia.

Viva São Francisco de Assis!!!

Viva a Natureza!!!

Frei Paulo Roberto Pereira
Guardião e Coordenador do Conselho Gestor do Programa Ecos do Convento.

Karina Moreira Nolasco de Carvalho
Mediadora do Conselho Gestor do Programa Ecos do Convento

Cristian Oliveira
Assessor de Comunicação do Convento

Saiba mais

Facebook