TODO AQUELE QUE COMER

1. Todo aquele que comer do meu Corpo, que é doado, todo aquele que beber do meu Sangue derramado e crê nas minhas palavras que são plenas de vida, nunca mais sentirá fome e nem sede em sua lida.

Eis que sou o Pão da Vida, eis que sou o Pão do Céu; faço-me vossa comida, eu sou mais que leite e mel.

2. O meu Corpo e o meu Sangue são sublimes alimentos, do fraco indigente é vigor, do faminto é o sustento. Do aflito é consolo, do enfermo é a unção, do pequeno e excluído, rocha viva e proteção.

3. Eu sou o caminho, a vida, água viva e a verdade. Sou a paz e a luz do mundo, sou a própria liberdade. Sou a palavra do Pai que entre vós habitou, para que vós habiteis na Trindade onde estou.

4. Eu sou a Palavra viva que sai da boca de Deus. Sou a lâmpada para guiar vossos passos, irmãos meus. Sou o rio, eu sou a ponte, sou a brisa que afaga, sou a água, sou a fonte, fogo que não se apaga.

Compartilhe e evangelize:

Imprimir
Copyright © 2017 Franciscanos.org.br - Todos os direitos Reservados.