POR ESSA PAZ

1. Por esta paz que a juventude tanto quer. Pela alegria que as crianças têm à mão, eu rendo graças ao meu Pai que se compraz e assim me pede para abrir meu coração.

Tomai, comei, tomai, bebei, meu corpo e sangue que vos dou. O pão da vida sou eu mesmo em refeição! Pai de bondade, Deus do amor e do universo, sustentai os que se doam por um mundo irmão.

2. Pelos que firmam na justiça os próprios pés, pelo suor dos que mais lutam pelo pão, eu rendo graças ao meu Pai, o Deus fiel, que assim me pede para abrir meu coração.

3. Pelos que sabem enxergar um pouco além, e assim repartem a esperança, com razão, eu rendo graças ao meu Pai que tudo vê, e assim, me pede para abrir meu coração.

4. Pelos que choram mas não perdem sua fé, pelos humildes que praticam o perdão, e eu rendo graças ao meu Pai que vem nutrir, e assim me pede para     abrir meu coração.

5. Pelos pequenos que só sabem confiar, pelos que sabem dizer Sim e dizer Não. Eu rendo gra­ças, que o meu Pai tudo sustém e assim me pede para abrir meu coração.

Compartilhe e evangelize:

Imprimir
Copyright © 2017 Franciscanos.org.br - Todos os direitos Reservados.