É SANGUE O QUE ERA VINHO

É sangue o que era vinho, é corpo o que era pão. /:Cristo venceu o tormento, é nosso sustento e se faz comunhão.:/

1. Às núpcias do Cordeiro, em brancas vestes vamos. Transpondo o Mar Vermelho ao Cristo Rei cantamos.

2. Por nós no altar da cruz seu corpo ofereceu. Comendo deste pão nascemos para Deus.

3. O Cristo nossa Páscoa morreu como um cordeiro. Seu corpo é nossa oferta, pão vivo e verdadeiro.

4. Da morte o Cristo volta, a vida é seu troféu. O injusto traz cativo, e a todos abre o céu.

5. Jesus pascal cordeiro, em vós se alegra o povo, que, livre pela graça, em vós nasceu de novo.

6. Seu sangue em nossas portas, afasta o anjo irado. Das mãos de um rei injusto, seu povo é libertado.

Compartilhe e evangelize:

Imprimir
Copyright © 2017 Franciscanos.org.br - Todos os direitos Reservados.