DA CEPA BROTOU A RAMA (4ºDom.)

Da cepa brotou a rama, da rama brotou a flor, da flor nasceu Maria, de Maria, o Salvador. (bis)

1. O Espírito de Deus sobre ele pousará, de saber, de entendimento este Espírito será. De conselho e fortaleza, de ciência e de temor, achará sua alegria no temor do seu Senhor.

2. Não será pela ilusão do olhar, do ouvir dizer, que ele irá julgar os homens, como é praxe acontecer. Mas os pobres desta terra com justiça julgará e dos fracos, o direito, ele é quem defenderá.

3. A palavra de sua boca ferirá o violento e o sopro de seus lábios matará o avarento. A justiça é o cinto que circunda a sua cintura, e o manto da lealdade é a sua vestidura.

4. Neste dia, neste dia, o incrível, o verdadeiro, coisa que nunca se viu, morar lobo com cordeiro. A comer do mesmo pasto tigre, boi, burro e leão, por um menino guiados, se confraternizarão.

Compartilhe e evangelize:

Imprimir
Copyright © 2017 Franciscanos.org.br - Todos os direitos Reservados.