Formação Notícias

Frei Roberto: “A receita da felicidade é o amor a Deus e ao próximo”

Compartilhe esta notícia:

Paz e Bem!

Com clima muito agradável, ventos frescos e céu nublado, centenas de pessoas participaram da tradicional Missa da Saúde, no Campinho do Convento, na tarde desta quarta-feira (17/07). Fiéis que já frequentam semanalmente a celebração, turistas e muitos que não costumam participar sempre estiveram presentes, já que estamos em mês de férias.

A Missa foi presidida pelo Frei Roberto Aparecido Pereira, Vigário e Administrador Paroquial da Paróquia Santa Clara, Colatina, ES, com a presença acolhedora também do Frei Pedro Engel. Antes do início, voluntários rezaram o Santo Terço com os fiéis, o que já ambienta o sentimento de oração, o “ar de paz”, a meditação orante.

“Aqui nos reunimos mais uma vez, subimos a montanha e aos pés de Nossa Senhora das Alegrias, a Mãe da Penha, nos reunimos no dia que faz frio, que venta, para aquecer o nosso coração, para encontrar com este Senhor que quer se encontrar com cada um de nós. Quantas pessoas não tem essa oportunidade, que estamos tendo nesta tarde, de encontrar-se com o Senhor. Queremos agradecer a Ele por tudo aquilo que nós temos e tudo aquilo que nós somos, e é justamente isso que escutamos na Primeira Leitura. Moisés tira a sandália dos pés para se encontrar com Deus, para mostrar que devemos estar despojados, tirar as respostas prontas e se colocar aos pés do Senhor. Para se encontrar com o Senhor, devemos nos despojar de nós mesmos”, começou explicando Frei Roberto na homilia.

Ele disse também que “a Liturgia ensina que Jesus se mostra como o rosto do Pai e quem vê Jesus, vê o próprio Deus. Viver como Jesus viveu, é necessário, é preciso. Assim como ouvimos no Evangelho de domingo passado ‘amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo’, essa é a receita da felicidade. Todos nós queremos ser felizes, todos nós que seguimos um ideal, que seguimos a Cristo e queremos ser feliz, devemos ser como Nossa Senhora. Ela aceitou o projeto de Deus na sua vida e não teve dúvidas de abrir seu coração para que Deus pudesse morar dentro dela, em seu ventre e depois presente em seu coração. A Liturgia deste dia quer nos ensinar que devemos tirar tudo aquilo que nos afasta do projeto de Deus e fazer a vontade do Pai”, disse o Frade.

Ao final da celebração, após a comunhão, Frei Roberto saudou os aniversariantes, especialmente o sr. Estevão Covre que estava comemorando 98 anos de vida e o casal Cloves Lorencini e Terezinha Lorencini, que festejavam 60 anos de feliz união matrimonial, eles escolheram “participar da Missa no Convento” como um presente de aniversário. O Frei os abençoou, rezou uma Ave-Maria, em seguida, muitos emocionados, cantaram a Consagração à Nossa Senhora. E não parou por aí. O Frade ainda pediu para que todos olhassem para a Imagem de Nossa Senhora da Penha, para “recordar os tempos de criança, quando cantávamos ‘Maria de Nazaré, Maria me cativou. Fez mais forte a minha fé e por filho me adotou’…”, enchendo os fiéis ainda mais de emoção.

Eventos

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 « ‹ago 2019› » 

Saiba mais

Facebook