Igreja Pelo Mundo Notícias

Confira uma entrevista especial com o novo Ministro Provincial Frei César

Agudos (SP) – Ainda respondendo às dezenas de emails, telefonemas e mensagens que chegavam cumprimentando-o por sua eleição como Ministro Provincial, Frei César Külkamp conseguiu um tempo para atender a Equipe de Comunicação do Capítulo Provincial e conceder esta primeira entrevista. Tranquilo, como é sua característica, ele confessou que estava um pouco assustado e frisou que a missão a ele confiada depende dos esforços de toda a Fraternidade Provincial: “Desafios nós temos muitos que estão sendo apontados pelos frades também nesses dias, mas principalmente desenvolvermos no coração de cada um de nós, frades, esse sentimento de Província. Nós somos a Província, e o que cada um faz, onde cada um está, ali a Província está presente, ali a Província está dando a sua mensagem. Que nós possamos fazer valer essa máxima de sermos cada um de nós a nossa Província!”. 

Acompanhe a entrevista!

Site Franciscanos – Como foi receber esta missão confiada pelos frades?

Frei César – Confesso que com um certo susto por aquilo que significa estar a serviço desta Província, pela importância que ela tem nos seus mais diversos serviços, na sua vida, na composição dos seus frades. Por isso é um grande desafio estar a serviço desta Província.

Site Franciscanos – Como será o Frei César Ministro Provincial?

Frei César – Espero que continue sendo o Frei César. Também falei aos irmãos que ser franciscano, para mim, é algo que plenifica e me realiza. E todos os demais serviços que eu já pude exercer nesta Província sempre foram graças de Deus. Eu espero continuar sendo fiel àquilo que prometi como frade menor.

Site Franciscanos – O que é ser Ministro Provincial para o sr.?

Frei César – A própria compreensão de Ministro – essa palavra que significa servo -, já diz tudo. A gente está a serviço. Como diz o ritual de posse, é uma oportunidade de servir aos irmãos e assim eu quero ver, eu pretendo me ver entre os irmãos, com quem eu cresci, com quem fui me configurando como irmão entre outros irmãos. E agora com a missão de servir a esses irmãos a quem eu quero tanto bem.

Site Franciscanos – O senhor acaba de ser eleito para animar uma das maiores Províncias do mundo nos próximos seis anos. Este desafio o assusta?

Frei César – Assusta, como já dizia no início, essa Província tem dimensões grandes na sua evangelização, na sua história, no seu serviço, na sua composição. Mas em se tratando de dimensões, esse Capítulo foi muito iluminador quando nos dá o desafio de sermos menores na sociedade. Então, essa é a grande busca de cada um de nós.

Site Franciscanos – Que perspectivas o sr. tem para este sexênio?

Frei César – Eu acabo de ser eleito e essas perspectivas não são minhas. Não existe um programa, porque não existe um candidato a Ministro Provincial. O Provincial é escolhido assim que os frades vão determinando também o programa, as suas prioridades. Nós temos essas prioridades como Província, e nesses dias de Capítulo estamos aprofundando-as. Por isso, coloco-me a serviço. Como irmão, como Fraternidade, nós estamos buscando.

Site Franciscanos –  Em entrevista antes do Capítulo, Frei Fidêncio, quando perguntado sobre o que diria ao futuro Ministro Provincial, resumiu tudo em quatro verbos: “abraçar, acreditar, confiar e guardar”. Comente esta colocação.

Frei César – Vejo como palavras muitas sábias, como é sábio o Frei Fidêncio. Para mim, foi um aprendizado muito grande estar ao lado dele nesses três anos. Pude ver a forma com que ele entregou de todo coração a esse ministério, a esse serviço. Por isso vejo esses conselhos preciosos e muito importantes. A gente tem que ter isso, com certeza, muito presente. Não se trata assim, simplesmente, de um mandato novo, de outra pessoa como ministro, mas de levar adiante esse projeto de Província que já nos acompanha há tempo, de tantos que já nos deixaram coisas preciosas nas nossas Frentes de Evangelização, nas nossas iniciativas de formação. O Frei Fidêncio deu uma demonstração muito importante de dedicação e serviço a essa causa que é sempre maior do que cada um de nós. É isso que eu também me proponho a fazer, a buscar. Certamente, não serei bom como é bom Frei Fidêncio, mas a busca é o nosso desafio.

Site Franciscanos – Como formador por longos anos e por último como Vigário, que desafios o sr. vê nesta Fraternidade Provincial?

Frei César – Tive uma experiência na formação nas suas mais diversas etapas e depois também na Evangelização, e deu para compreender um pouco da caminhada da Província e do quanto ela é importante. Desafios, nós temos muitos que estão sendo apontados pelos frades também nesses dias, mas principalmente desenvolvermos no coração de cada um de nós, frades, esse sentimento de Província. Nós somos a Província e o que cada um faz, onde cada um está, ali a Província está presente, ali a Província está dando a sua mensagem. Que nós possamos fazer valer essa máxima de sermos cada um de nós a nossa Província.

Site Franciscanos –  E como, então, diante dessa missão, voltar às raízes para redescobrir a essência da vida religiosa?

Frei César – Um belo desafio também. Como Província nós somos uma porção dessa Ordem dos Frades Menores, dessa tradição longa e bonita e nesse ano, no próximo e no outro, temos grandes celebrações da nossa Ordem, que é justamente a chegada de São Francisco à Terra Santa, num contexto totalmente novo no seu tempo com a presença muçulmana, e depois no próximo ano, os oitocentos anos do seu encontro com o sultão, em Damieta, no Egito. Em 2020, temos os 800 anos da nossa primeira grande missão que foi em Marrocos. A Ordem nos convida, nesses momentos importantes, a trabalhar a dimensão do diálogo, que foi tão presente na vida de São Francisco de Assis. Este é o nosso grande desafio. Em tempos de certa intolerância para aquilo que é diferente, abrirmos o nosso coração para formarmos relações de profunda comunhão.

Site Franciscanos – Como o frade e agora Ministro Provincial tem recebido o magistério do Papa Francisco?

Frei César – O magistério do Papa Francisco tem surpreendido positivamente a Igreja a cada instante. Neste domingo temos a segunda edição do Dia Mundial dos Pobres, que foi uma grande surpresa do Papa Francisco, porque ele busca essa inspiração na nossa própria inspiração que é São Francisco de Assis. E por isso o Dia dos Pobres é um dia para celebrar não somente ações em favor dos pobres, mas para a gente abrir o coração, nossa casa, nossa vida, para formarmos comunhão com esses que são os preferidos de Deus. Então, nós temos muito que aprender também com o nosso Santo Padre, especialmente porque ele busca essa inspiração direta em São Francisco de Assis.

Site Franciscanos – Que mensagem o sr. deixa aos frades e aos leigos no território da Província?

Frei César – Meus queridos irmãos, confrades e também estendo essa mensagem às nossas irmãs e irmãos que participam das nossas iniciativas, das nossas presenças de Evangelização, aos nossos queridos jovens franciscanos, nós somos todos chamados a seguir os passos de Cristo, desse jeito que nos ensinou o nosso santo Francisco de Assis, a nossa Santa Clara de Assis e tantos santos da tradição franciscana. No nosso tempo também temos santos muito próximos de nós continuando esse testemunho. Nós temos uma herança preciosa demais nas nossas mãos e temos também com isso uma grande responsabilidade de levar adiante esse ideal franciscano evangelizador, formativo, esse empenho de vida, de missão. Que ele continue brilhando para além de cada um de nós! Que essa seja a bonita herança que cada um de nós deixa àqueles que vêm atrás de nós!

As informações são do Portal franciscanos.org.br e Equipe de Comunicação do CapítuloFrei Augusto Gabriel, Frei Clauzemir Makximovitz, Frei Gabriel Dellandrea e Moacir Beggo

Faltam

128Dias 18Horas 53Min 10Seg

para a Festa da Penha 2019

Saiba mais

Facebook