Igreja Pelo Mundo

Encontro de Comunicação: É preciso transformar as redes em verdadeiras comunidades

Compartilhe esta notícia:

Paz e Bem!

Nesta quarta-feira, 15, aconteceu o do 3º Encontro de Formação Permanente da Frente de Evangelização da Comunicação. O tema escolhido para o mês foi a mensagem do Papa Francisco para o 53º Dia Mundial das Comunicações Sociais. O encontro contou com a assessoria de Irmã Joana Puntel, da Congregação das Irmãs Paulinas. Ela é jornalista e doutora em Ciências da Comunicação.

A reunião acontece por videoconferência e reuniu os colaboradores da Rede Celinauta, de Pato Branco (PR); Fundação Frei Rogério, de Curitibanos (SC); Grupo Educacional Bom Jesus, de Curitiba (PR); Serviço Franciscano de Solidariedade (Sefras), de São Paulo (SP); Seminário Frei Galvão, de Guaratinguetá (SP); Editora Vozes, de Petrópolis (RJ); Convento da Penha, de Vila Velha (ES). Da Sede Provincial, em São Paulo, participaram também os comunicadores ligados ao Serviço de Animação Vocacional (SAV), dos Frades Menores Capuchinhos e Frades Menores Conventuais.

“Somos membros uns dos outros: das comunidades de redes sociais à comunidade humana” é o tema da mensagem deste ano. Nela, o Papa Francisco insiste que é necessário não reduzir a comunicação ao aprendizado e domínio dos dispositivos tecnológicos, mas usar a comunicação para aprimorar a relação humana, aproximando as pessoas e formando verdadeiras comunidades. A assessora afirmou que estar na rede hoje é fundamental, mas que é preciso ter consciência de como queremos estar e qual mensagem queremos transmitir.

Para a especialista, um dos aspectos que deve ser considerado é que a internet mudou o paradigma da relação. Ao mesmo tempo em que a rede conecta várias pessoas, ela isola e aumenta o sentimento de solidão. Além disso, ao mesmo tempo em que existe a facilidade de conexão, há também a facilidade de desconexão, fato que fragiliza as relações. “Numa rede social não há conexão plena, relação completa, comunhão entre as pessoas”, afirmou Ir. Joana, acentuando que estas características não devem desanimar aquele que comunica.

Na mensagem, o Papa afirma que no cenário atual é perceptível que a comunidade de redes sociais não é sinônimo de comunidade, mas que existe potencial para vir a ser. “Naturalmente, não basta multiplicar as conexões para ver crescer a compreensão recíproca”, aponta o Pontífice, que questiona como reencontrar a verdadeira identidade através da responsabilidade nas relações – pessoais e virtuais.

Para a assessora, não há outro caminho a percorrer que não seja o anúncio do Evangelho. “É preciso seguir o projeto de Jesus, que está no Evangelho. Senão traímos não só as instituições, mas nós mesmos. Somos chamados a ‘cristianizar’ as redes”, aconselhou.

Em seguida, os participantes partilharam um pouco de suas experiências. O jornalista Ari Ignácio de Lima, coordenador de Jornalismo da TV Sudoeste, apontou que uma das grandes preocupações na atualidade são as fake news, as notícias falsas que se propagam na internet e nas redes sociais.

Em Curitiba (PR), o jornalista Juliano Zemuner exemplificou como o Grupo Educacional Bom Jesus busca conscientizar os alunos para as questões relacionadas ao cyberbullying e a resolução de conflitos – não somente na internet, mas nas relações sociais.

Lançamento do livro “Os Papas da Comunicação”

A assessora do encontro, Ir. Joana Puntel, aproveitou a ocasião para divulgar o livro “Os Papas da Comunicação: estudo sobre as mensagens do Dia Mundial das Comunicações”, lançado neste mês pela Editora Paulinas e pelo Serviço à Pastoral da Comunicação (Sepac). A obra, escrita pela assessora e por Irmã Helena Corazza, faz um recorrido por todas as mensagens lançadas, desde 1967 e suas abordagens, acompanhando as mudanças significativas no campo da comunicação.

Com informações de Érika Augusto e Moacir Beggo (fotos) do site franciscanos.org.br

Eventos

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹maio 2019› » 

Saiba mais

Facebook