Notícias

1º Dia do Tríduo: “Santo Antônio e sua devoção à Virgem Maria”

Compartilhe esta notícia:

Paz e Bem!

Teve início nesta segunda-feira (10/06), na Missa das 15h, o Tríduo em preparação para a Festa de Santo Antônio, o franciscano invocado como “Santo Casamenteiro”, um dos mais populares e queridos santos da Igreja no mundo. O Frei Alessandro Dias do Nascimento, OFM, presidiu a Eucaristia.

Com o tema “Santo Antônio, e sua devoção à Virgem Maria”, o primeiro dia do Tríduo, refletiu sobre a vida de fé e devoção de Santo Antônio para com a Mãe de Jesus. A proximidade íntima com o Menino Deus através da oração, fez de Antônio um devotíssimo da Virgem Maria. O tema foi escolhido a partir da festa celebrada ontem, o Dia da Virgem Maria, Mãe da Igreja.

Uma das mais belas declarações a respeito de Maria podemos encontrar nos sermões de Santo Antônio. Ele gostava de aplicar para Nossa Senhora histórias da Bíblia ou cenas da natureza. Em um de seus sermões encontramos:

Maria Santíssima é como a estrela da manhã que surge por entre as sombras da noite, anunciando o sol que vem… Maria é como o arco-íris, sinal da aliança entre Deus e a humanidade…. É como um lírio que cresce à beira das águas…. Como incenso desprendendo suave perfume, perfumando o ambiente…

A vida de Antônio foi uma constante imitação das virtudes de Maria. Principalmente a pureza de coração e a generosidade no serviço de Deus. Certa noite Antônio acordou sufocado e assustado. Sentia violento aperto no pescoço, parecendo que alguém queria matá-lo por sufocação. Julgando fosse obra do espírito maligno, fez um grande sinal da cruz e recorreu a Maria. No mesmo instante recuperou a paz e a serenidade. Maria era para ele um castelo forte. Nela encontrava uma verdadeira fonte de consolo e abrigo. Afinal, ela é o mais claro exemplo daquilo que é finito mergulhando no infinito. Maria, em Deus, tornou-se também infinita a fim de abrigar e proteger a todos os que nela buscam refúgio.

Logo após a saudação inicial e um pequeno relato desta devoção de Santo Antônio, a celebração continuou com o ato penitencial e em seguida o Evangelho com a homilia. Frei Alessandro explicou a partir da feliz decisão do Papa Francisco que leva todos os cristãos a celebrar Maria, Mãe da Igreja e como Santo Antônio, como todo bom cristão, teve desde pequeno uma devoção terna e carinhosa para com Maria Santíssima. Muitas vezes escreveu e falou de Maria, de sua missão na Igreja.

Antes da Bênção Final, Frei Alessandro ainda falou um pouco mais da devoção de Santo Antônio, sorteou alguns  Terços e deu uma bênção especial.

Eventos

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹jun 2019› » 

Saiba mais

Facebook